Top

A Relação da Meditação com a Lua Cheia

O instrutor de Kundalini Yoga do Projeto X, Guilherme Tanaka cita um trecho esclarecedor à respeito da relação da meditação com a lua cheia:

 

“60% do nosso corpo é composto de água.
Imagine que o ser humano é o oceano e perceba como a lua afeta o oceano e cria as marés e vibrações.
As marés acontecem 2 vezes no oceano, na lua cheia e na lua nova.
Exatamente dessa forma, a lua expande o ser humano e contrai o ser humano.
Na lua cheia, o funcionamento do sistema glandular está no seu modo mais elevado.
Quando a lua está cheia, a mente expande e o intelecto é inundado de pensamentos.”
– Yogi Bhajan, Mestre do Kundalini Yoga

 

Guilherme comenta ainda: “É como se a maré alta trouxesse a tona o que está na profundeza da psique. É um momento que os padrões de comportamento e emocionais podem ficar intensos e imprevisíveis, ao mesmo tempo se abre uma oportunidade para fazer uma limpeza, através da meditação, disso tudo que é exposto e vem a tona. Por isso, a meditação nesse momento específico é tão relevante. Se a meditação é uma limpeza da mente, o momento em que a sujeira sai debaixo do tapete é a melhor hora para limpar.”

 

Estes trechos fazem parte da divulgação da prática de “Meditação da Lua Cheia”, que acontece mensalmente no Projeto X, em Curitiba, e que terá a sua próxima edição no dia 30.04.2018.

 

A meditação de círculo de cura do Kundalini Yoga, conforme ensinado por Yogi Bhajan, é para ser realizada apenas em lua cheia, lua nova e no 11º dia da lua nova e pode ser usada parar gerar e direcionar uma tremenda energia de cura para uma pessoa – alguém presente na meditação ou alguém que está distante.

 

Saiba mais nos links abaixo:

Página do Evento – Facebook

Página Oficial Guilherme Tanaka no Facebook

 

X